5 erros graves no setor de vendas que você precisa evitar

Resultados ruins no setor de vendas nem sempre são motivados por falta de cientes e de oportunidades, ou mesmo pelos obstáculos da conjuntura econômica do país. Certas empresas simplesmente não conseguem fazer uma gestão eficiente, o que acaba diminuindo as chances de sucesso.

Isso acontece quando os gestores descuidam do relacionamento com os clientes atuais e da prospecção de novos compradores, deixam de lado a análise de dados para entender tendências e modificar estratégias de venda, investindo pouco ou nada em técnicas de pós-venda, dentre outros erros que comprometem seriamente o negócio. Neste post vamos entender melhor essas falhas e como evitá-las:

Entenda os piores erros no setor de vendas

Desconhecer o cliente

Se você não sabe quem é seu cliente, dificilmente poderá atendê-lo bem e aprofundar o relacionamento dele com sua empresa. O mínimo que se espera é utilizar ferramentas adequadas para entender as necessidades, as preferências e o perfil de compra, de forma que você possa antecipar o comportamento do cliente e surpreendê-lo com boas soluções na hora certa. Dentre essas ferramentas destaca-se o uso de um bom CRM que integre as áreas de marketing, vendas e atendimento ao cliente!

Não fazer uso de relatórios de vendas e análise de dados

Os relatórios de vendas são essenciais na administração de qualquer empresa. É a parte da análise cuidadosa desses dados que os gestores poderão traçar estratégias e planos de ação para aprimorar os resultados, realizar projeções mais precisas, diminuir custos e maximizar oportunidades de negócio com cada cliente. Utilizar uma ferramenta de BI na nuvem, pode ser uma boa alternativa para ter seus relatórios sempre atualizados com as mais diferentes fontes de dados!

Adotar estratégia ineficaz para vendas sazonais

Nenhuma empresa vende nas mesmas proporções o ano todo, esta é uma lei básica do mercado e todo gestor está ciente disso. Por que não agir preventivamente, então? É fácil colocar a culpa no comportamento do cliente, que costuma ser menos ativo nos meses de janeiro e fevereiro, por exemplo. Mas é o gestor quem dá o tom do negócio, buscando meios criativos de estimular a equipe de vendas, como o lançamento de novos produtos e serviços, readequação na política de preços ou concessão de benefícios especiais para fidelização.

Deixar de realizar pesquisas

Pesquisas de mercado devem ser conduzidas continuamente, para que a empresa não se acomode e acredite que já entendeu como os clientes agem e o que eles precisam. Além disso, é preciso olhar sempre para a concorrência e aprender com ela: seja para saber como “não se faz”, seja para entender novidades que poderão ser aplicadas posteriormente a fim de acompanhar tendências e aprimorar processos de venda.

Ignorar as práticas de pós-venda

O pós-venda é o momento ideal para fazer uso de toda a inteligência acumulada no banco de dados da empresa e estreitar o relacionamento com os clientes. A empresa que deixa de investir neste aspecto perde ótimas chances de fidelização, o que é ainda mais importante em períodos de crises econômica, ou quando a empresa enfrenta condições de mercado adversas.

CRM online: inteligência na gestão do cliente

O que é comum a todos os erros listados neste post? A gestão inadequada do relacionamento com os clientes e, consequentemente, do negócio. E isso ocorre por que muitas empresas não empregam as ferramentas certas para lidar com as informações geradas pelas vendas. Em outras palavras, deixam de lado o CRM (Customer Relationship Management).

Uma ótima alternativa é adotar o Dynamics CRM online – capaz de integrar os módulos de vendas, marketing e serviços na mesma plataforma, de forma acessível e prática, em tablets, smartphones ou desktops. Uma das vantagens é que você pode gerir o funil de vendas (pipeline) e extrair informações atualizadas sobre seus clientes sempre que quiser, construindo bancos de dados que aumentarão drasticamente a compreensão da empresa sobre o mercado.

O Dynamics CRM online também permite que o gestor tenha noção exata do ROI (retorno sobre investimento) em todas as ações, campanhas de divulgação e prospecções, além de possibilitar a melhor compreensão do KPI (indicadores chave de desempenho). Com a adoção do CRM online o setor de vendas terá plenas condições de atrair mais oportunidades e gerar resultados mais robustos, em qualquer contexto.

Gostou do texto? Deixe um comentário logo abaixo e compartilhe seu conhecimento sobre os erros que as empresas cometem no setor de vendas!

 Banner para download do e-book "Otimizando suas vendas com o CRM"

Comentários