O guia definitivo do Microsoft Azure

Já faz tempo que a internet deixou de ser uma novidade no mercado para se tornar uma realidade no ambiente de empresas dos mais diversos segmentos. E uma das tecnologias que mais cresceu junto com a internet foi a chamada computação em nuvem, ou cloud computing.

Quando se fala em computação em nuvem, muitas opções de serviços vêm à mente, mas hoje nós vamos falar aqui sobre uma das mais famosas plataformas para gerenciar sistemas em nuvem: o Microsoft Azure.

Antes de mais nada, vale lembrar o significado do cloud computing: os ambientes virtuais são as nuvens onde aplicações das mais variadas podem ser hospedadas, tornando desnecessária a manutenção de arquivos em máquinas e servidores físicos. Empresas dos mais variados tamanhos já utilizam plataformas como o Microsoft Azure para gerenciar seus sistemas e arquivos, já que há uma vantagem que faz cada vez mais sentido em um mercado ágil como o nosso: economia de tempo.

O que é o Microsoft Azure?

O Microsoft Azure pode ser definido como um sistema operacional online, em que desenvolvedores podem escrever e hospedar seus sistemas utilizando as ferramentas que a própria Microsoft fornece. Ele é um grande apanhado de serviços na nuvem integrados e à disposição dos clientes com objetivo de conseguir mais agilidade, economia e melhores resultados. Como todo sistema de computação em nuvem, ele permite que as aplicações sejam acessadas através de navegadores de internet, sem a necessidade de instalação de qualquer programa localmente.

Com a utilização dentro da empresa do Microsoft Azure como plataforma em nuvem, os funcionários responsáveis pela parte de tecnologia e desenvolvimento podem ter muito mais tempo para focar em atividades realmente produtivas e que tragam mais retorno para a empresa, em vez de perder tempo com questões puramente técnicas.

Quais os benefícios?

Para quem precisa hospedar aplicações na web, o primeiro e principal benefício do Microsoft Azure é a economia de tempo e dinheiro, já que será necessário apenas um mínimo de estrutura física e implementação para rodar os sistemas. Além desse primeiro benefício, podemos destacar alguns outros também relacionados diretamente com a produtividade dos envolvidos no processo.

Eficiência

A plataforma permite fácil gerenciamento de aplicativos empresariais, móveis, da web e até mesmo para projetos de internet das coisas, tudo isso usando habilidades e recursos que os profissionais de TI já têm. Além de tudo, as constantes atualizações promovidas pela Microsoft aumentam a rentabilidade do serviço para sua empresa.

Flexibilidade

Pensando em melhor atender seus clientes, a Microsoft suporta em sua plataforma os mais variados sistemas operacionais, linguagens de programação, frameworks, ferramentas, bancos de dados e dispositivos. Tudo isso com suporte para garantir o sucesso de quem utiliza.

Pague o quanto usar

O Microsoft Azure é uma plataforma em nuvem que trabalha em um modelo de créditos, ou seja, sua empresa vai pagar somente pelo que usar, incluindo minutos e recursos efetivamente utilizados. Como não poderia ser diferente, esses serviços podem ser aumentados ou reduzidos rapidamente para acompanhar a demanda do seu negócio.

Segurança

A proteção dos dados ainda é uma preocupação bastante recorrente em algumas empresas, que ainda têm receio de colocar determinados tipos de documentos e ativos na nuvem. No caso do Azure, o compromisso com a segurança dos dados é bastante grande: foi o primeiro provedor em nuvem a adotar o novo padrão de privacidade internacional ISO 27018.

De qualquer lugar para qualquer lugar

A plataforma da Microsoft é executada em uma rede de data centers em 22 regiões do mundo. Uma superfície global que oferece múltiplas opções para execução de sistemas e aplicativos com um desempenho garantido.

Confiabilidade

A plataforma Azure nasce com a assinatura da Microsoft, e, aparentemente, só isso bastaria para garantir segurança e confiabilidade ao serviço. Além disso, eles garantem que a plataforma é projetada para lidar com qualquer carga de trabalho, desde os pequenos projetos até os lançamentos globais de produtos: mais de 57% das empresas da Fortune 500 usam o Microsoft Azure, que além de tudo ainda oferece suporte técnico e monitoramento 24 horas, todos os dias da semana.

Em quais casos o Microsoft Azure é mais indicado?

Agora você já sabe tudo sobre o funcionamento do servidor em nuvem Microsoft Azure. No entanto, aposto que deve estar pensando nessa pergunta (ou até mesmo em uma outra): será que minha empresa precisa contratar esse tipo de serviço de hospedagem? Vejamos aqui alguns casos em que a contratação é muito indicada.

  1. Empresas de pequeno e médio porte que necessitam reduzir custos com a parte de TI e ainda buscam uma otimização da infraestrutura dedicada.
  2. Empresas que precisam armazenar uma quantidade grande de dados, mas não gostariam de gastar muito com infraestrutura e manutenção — conforme a necessidade da organização, o Microsoft Azure pode se ajustar à capacidade necessária utilizando até 64 processadores por máquina virtual.
  3. Empresas que possuem diversos sites e aplicativos web, e que, em determinados períodos, precisam aguentar um tráfego maior, como para uma campanha de marketing específica ou uma situação sazonal, como o Natal, por exemplo.
  4. Empresas que têm uma preocupação maior com a segurança dos seus dados e de seus clientes. O Microsoft Azure tem um backup automatizado inteligente que permite que sejam transferidas apenas as alterações, mantendo as versões anteriores e possibilitando sua recuperação.

Esses são apenas quatro exemplos hipotéticos de casos em que faz sentido que o Azure seja contratado. Outras opções podem ainda se encaixar no contexto e no perfil da sua empresa, e o site do serviço permite que sejam observados outros exemplos e cases. É possível contratar o Azure diretamente através do site, que ainda permite um teste gratuito da ferramenta.

No início desse post, talvez você estivesse pensando se a computação em nuvem faria sentido para a sua empresa. Agora que nós explicamos em detalhes como funciona o Microsoft Azure, um dos mais populares serviços de cloud computing, já deu para mudar sua opinião?

Se você quiser entender ainda melhor como funcionam essas plataformas e também conhecer alguns bons motivos para sua empresa adotar o cloud computing, clique no banner abaixo e inscreva-se para a nossa consultoria gratuita de Microsoft Azure!

Consultoria gratuita de Microsoft Azure oferecida pela inovelive!

Comentários

Tags: , ,