Valuation: entenda como calcular o valor da sua empresa

Você sabe exatamente qual é o valor da sua empresa? Não? Possui apenas uma ideia? Então é hora de parar e ler o post que preparamos para você.

No mercado atual, o dado mais importante de uma empresa é a capacidade de gerar resultados, e isso pode ser calculado através do valuation. Não sabe o que é? Calma, que explicaremos para você exatamente o que é e como calcular. Acompanhe:

O que é valuation?

Valuation é um termo em inglês que significa “avaliação”. No setor corporativo pode ser entendido como avaliação da empresa, ou seja, é um processo que visa estabelecer o valor de determinada empresa de forma quantitativa.

Essa avaliação tem o objetivo de saber qual a situação da empresa, suas perspectivas de crescimento, posição que ocupa no mercado e previsão de retorno de investimento.

A partir do cálculo do valor da empresa, é possível identificar seus pontos positivos e negativos, e o quanto a empresa pode crescer, informações imprescindíveis para estabelecer as estratégias corporativas.

Por que fazer o valuation da empresa?

O valuation é essencial para as decisões de gestão, estratégias e negociações da empresa. Vamos conhecer alguns dos motivos?

Receber possíveis investimentos

Toda empresa está sujeita a receber proposta de investidores. Para uma boa negociação, é imprescindível que o empresário saiba de fato o valor da sua empresa e não tenha apenas uma estimativa.

É preciso ter em mente que os investidores chegam com diversas perguntas. O valor do seu negócio é uma delas, e eles esperam que você responda de forma objetiva e racional.

Estabelecer participações societárias

Sempre há a possibilidade de entrada ou saída de um sócio ou investidor. Para se estabelecer distribuição justa de capital, é preciso ter uma avaliação atualizada da empresa. Isso também minimiza conflitos entre os acionistas.

Conhecer as finanças da empresa

Através do cálculo do valuation é possível conhecer exatamente a situação da organização, sua confiabilidade e adequação a questões contábeis e fiscais.

É uma boa hora para corrigir possíveis erros e saber receitas, ativos e passivos da empresa, e consequentemente conhecer o faturamento e o lucro.

Projetar o futuro

Com a avaliação do seu negócio é possível analisar o caminho da empresa e se as metas estão sendo atingidas. Com isso é possível estabelecer novos objetivos e corrigir possíveis erros.

Como fazer o valuation de uma empresa?

Existem várias técnicas de valuation, e em todas há vantagens e desvantagens. Vamos apresentar o método do fluxo de caixa descontado, por ser o mais complexo e sofisticado, e também o mais utilizado como avaliação.

Fluxo de caixa descontado (FCD)

Esse método leva em consideração as projeções econômico-financeiras da empresa, trazendo para o valor presente os resultados do fluxo de caixa futuros, isto é, a capacidade da empresa de gerar resultados futuros geralmente pelos próximos cinco anos. Esse método possui três etapas principais:

  • calcular o fluxo de caixa e descontar os gastos;
  • determinar a taxa de desconto com os riscos e oportunidades de investimentos;
  • calcular o valor presente.

Na prática, os cálculos são feitos da seguinte forma:

Valor residual

Valor residual = (fluxo de caixa) (1 + taxa de crescimento em longo prazo)/(custo médio ponderado de capital – taxa de crescimento em longo prazo)

Valor da empresa

Valor da empresa = valor presente do fluxo de caixa livre no horizonte de projeção + valor presente do valor residual, após o horizonte de projeção.

A última etapa é calcular o valor real do negócio:

Valor real do negócio

Valor real do negócio = valor da empresa (+/–) saldo das contas não operacionais

É importante ressaltar que o saldo das contas não operacionais é calculado pelo endividamento da empresa menos o caixa ou equivalentes de caixa disponíveis.

Como foi dito, o valuation é um dado importante a ser conhecido pelos empresários e administradores, pois suas aplicações são de grande utilidade em negociações e planos futuros da empresa.

Gostou deste artigo? Que tal assinar nossa newsletter para ter acesso a mais materiais como este em primeira mão?

Comentários